Tá faltando água: Atitudes para você aplicar – faça a diferença

Eu nunca imaginei escrever um post desses por aqui, mais cá estamos nós nê!

Todos nós sabemos, que estamos vivendo uma fase muito difícil sobre a questão da falta d’agua em São Paulo. E hoje eu me senti na obrigação de dividir com vocês, pequenos gestos para que possamos juntos mudar ao menos um pouco essa situação difícil. Vamos fazer o bem maior para nós mesmos, vamos todos colaborar, tá faltando água sim, mais cada um fazendo um pouquinho a sua parte, faz toda a diferença, (É preciso).

Muitos afirmam que a água vai de fato acabar, que devemos nos preparar, enfim, esta assustador tudo isso, e precisamos juntos fazer algo, mesmo que pouco, mais se cada um fizer a sua parte, temos bons resultados. Não custa né?!

O secretário estadual de Recursos Hídricos de São Paulo, Benedito Braga, ponderou, que se os meses de fevereiro e março forem bastante chuvosos, não faz sentido a adoção de um rodízio de água. “Se tivermos um fevereiro e um março com muita chuva, para que implantar um sistema de rodízio? Para incomodar as pessoas?”, questionou.

Mais mesmo com bastante chuva em fevereiro e março, o que estamos precisando com abundância agora, devemos sempre fazer a nossa parte.

Caso venhamos a ficar sem água por um, dois, ou mais dias, vai aí algumas pequenas e, fundamentais dicas que praticamos diariamente, mais que agora terão que ser bem conduzidas por conta da situação caótica que estamos passando.

Atitudes simples para você aplicar agora, já!!

Arranje baldes e outros compartimentos grandes para recolher a água da chuva. Lembre-se de tampar por causa do perigo da dengue!

Com a água da chuva, use-a especialmente para fazer a limpeza da casa, descarga do vaso sanitário, e regar as plantas se tiver em casa. (use regador).

Lave roupas somente se necessário.

E, se não tiver solução, lave, mais guarde a água que sai da máquina ou tanquinho para a limpeza da casa ou a descarga do vaso sanitário.

Faça estoque de água mineral, que deverá ser utilizada somente para beber e para preparar refeições.

Cozinhe vegetais ao vapor. Você mantém os nutrientes dos vegetais e ainda pode reaproveitar a água. Se utilizar água para cozinhar, reaproveite-a fazendo caldos e sopas. Em vez de lavar verduras na torneira, utilize uma tigela grande e lave-as. Esfregue e ensaboe toda a louça antes de abrir a torneira para começar a enxaguar.

Se usar chuveiro a gás, descarte. Troque por um modelo que utiliza a pressão do ar misturada às gotas de água para gastar menos água mas não perder em pressão.

Não demore no banho principalmente se for lavar o cabelo. Ligue o chuveiro, molhe o cabelo e o corpo e desligue. Com o chuveiro desligado, passe o shampoo e, ao mesmo tempo ensaboe o corpo. Depois, abra o chuveiro e tire o sabão rapidamente. Repita o procedimento para colocar condicionador, se depilar ou fazer a barba.

Não lave o carro, o chão da casa, a calçada. Não encha a piscina ou a banheira. Utilize a velha tática do copo de água para escovar os dentes.

Usem a descarga somente quando fizerem o número 2, ou depois de uma certa rodada de número 1.

Instale uma segunda caixa dágua se for preciso

Bom, essas são pequenas atitudes e bem simples de ser aplicadas, é só ter bom senso meus anjos. A situação está difícil SIM, mais se cada um fizer “mesmo” a sua parte, em especial os governantes, quem sabe tudo isso muda né! E não corremos riscos de ficar sem água. Lembrem-se, já tem muita gente ficando sem água, então, não abuse!

Da série –  “por que é preciso que a sociedade civil se mobilize porque se formos esperar que o governo aja por iniciativa própria, mais vale fazer dança da chuva”. 

Faça a sua parte ok! E esperemos que os governantes façam a deles.

Fiquem com Deus….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *